17/10/2014

Resenha: A Casa de Hades


Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 496
Ano: 2013
Classificação: ✰✰✰

O final do terceiro livro da saga os Heróis do Olimpo foi de longe o mais angustiante, pois, como foi dito na sinopse do quarto, Percy e Annabeth foram para o Tártaro. Esse livro tinha tudo para ser melhor que o terceiro, mas não foi. 

O início do livro foi bem empolgante: descobrir como é o Tártaro, ver como todos estavam lidando com a situação, mas depois que acabou esse "fogo", o livro começou a ficar bem cansativo. Da saga, foi o que eu mais demorei pra ler. Depois de me arrastar lendo o início, o livro voltou a ficar mais interessante e perdi o fôlego com as batalhas.

Mas a melhor parte é o mistério em volta do Nico. Prometo não dar spoilers, mas foi a coisa mais surpreendente e inesperada de todas! Porém, também foi a mais legal porque comecei a entendê-lo melhor. Suas atitudes e sua personalidade são "explicadas" e até comecei a gostar dele. 

O final do livro foi bem triste, não vou contar o motivo, mas me arrancou algumas lágrimas junto com alguns outros momentos do livro.

Conclusão: Podia ter sido melhor mas ainda é um bom livro de ler depois que passa pelo início.

03/10/2014

Resenha: A Marca de Atena


Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 480
Ano: 2013
Classificação: ✰✰✰✰✰

Não sei se vocês lembram, mas na resenha do segundo livro eu disse pra não ler se não tiver o terceiro né? Então se você já leu o segundo sabe que o terceiro começa bem tenso. Muito mesmo! Mas é isso que eu gosto nos livros. Essa tensão toda é o que torna a leitura interessante e te faz devorar o livro. Foi isso que aconteceu com essa história. Devorei o livro totalmente porque o mistério em torno da marca de Atena é o que move essa história. Nada mais parece importar, nem Gaia!

Os sete continuam tendo que arrumar um jeito de deter Gaia e ao mesmo tempo acabar com a briga entre gregos e romanos e achar a marca de Atena, que vai ajudar a acabar com a briga entre os acampamentos. Então cada hora eles tentam dar um jeito em um problema

Não sei se vocês perceberam mas o "foco" meio que será a Annabeth, já que ela é a única filha de Atena dos sete. Com isso podemos conhecer o outro lado e os pensamentos, de Annabeth. Começamos a ver quem ela realmente é! Ela também tem medos e nessa história, se ela quiser vencer, ela irá precisar combatê-los.

O final mais uma vez nos deixa com muita vontade de ler o próximo então vou avisar mais uma vez: não termine o terceiro se não tiver o quarto

Espero que tenham gostado da resenha. Comentem hein ;)

19/09/2014

Resenha: Como eu era antes de você


Autor(a): Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Ano: 2013
Classificação: ✰✰✰✰✰

Conheci esse livro através de seu marcador de páginas na Saraiva e achei a capa uma graça e então, como eu sempre faço, fui procurar o livro para saber do que se tratava. A história era um romance diferente e impressionou logo de primeira. Foi assim que resolvi ler o livro.

Louisa Clark é uma jovem de 26 anos sem muitas ambições na vida que é despedida do café aonde trabalhava e precisa arrumar um novo emprego, já que sua família depende de seu salário para se sustentar. Por sorte ela encontra um emprego bem remunerado como cuidadora do tetraplégico Will Traynor.

Will é um homem de 35 anos que adorava se aventurar e acaba perdendo os movimentos dos braços e das pernas em um acidente se tornando mal-humorado. 

Com a chegada de Lou na casa as coisas para ambos começam a mudar. Graças a Will, ela começa a conhecer a vida de um jeito diferente. Ele a ensina a ter ambições e aproveitar como se não houvesse amanhã - porque realmente pode não ter -, e ela o ajuda a ver que a vida que ele tinha antes ainda pode existir. Que não é porque ele não pode mexer os braços e as pernas que ele não pode ter uma vida cheia de aventuras.

O livro é totalmente perfeito! Quando comecei a ler não consegui mais parar. A necessidade em saber o que iria acontecer era tão grande que parar causava uma enorme abstinência. O final é surpreendente e chorei bastante, mas, apesar da dor, ele se tornou o meu livro favorito. 

Alguém já leu esse livro? O que acharam? Comentem =)

05/09/2014

Resenha: O Filho de Netuno


Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 426
Ano: 2012
Classificação: 

Sempre me interessei pela mitologia Grega e quando eu conheci a saga Percy Jackson eu comprei logo de cara. Ao descobrir que existia uma segunda série, então, eu surtei mais uma vez, mas para a minha infelicidade a saga está em lançamento e se existe uma coisa que eu odeio sobre livros é saga em lançamento! Ficar esperando o próximo livro para saber o que acontece é angustiante e me tira o sono, então resolvi esperar para ler. Com certeza fiz a coisa certa pois terminei o primeiro e já quis começar a ler o segundo. E agora que terminei o segundo, já comecei a ler o terceiro ;)

Logo no início podemos notar que o Percy voltou para a história porém, assim como Jason, está sem memória. Percy chega ao Acampamento Júpiter - versão Romana do Acampamento Meio-Sangue - e conhece Hazel e Frank que também serão uns dos sete que cumprirão a profecia. 

O acampamento Romano é totalmente diferente do Grego, afinal, são civilizações diferentes. Normalmente quando eu leio um livro que tem um local "especial" (Acampamento Meio-Sangue, Hogwarts, etc.) fico com vontade de pertencer a esse lugar, mas com esse acampamento foi diferente. Ele não me atraiu. Não o vi como um lugar divertido e as pessoas pareciam ser muito agressivas e mal-humoradas ao contrário do Acampamento Meio-Sangue.

Hazel é uma menina encantadora e que apesar de sua idade, 13 anos, se mostra muito madura e forte. Filha de Plutão (Hades) e com uma maldição que ela tenta esconder das outras pessoas, a vida dela se torna complicada e interessante. Melhor que a história dela só a do Frank!

Ele tem uma família com descendentes de todo o canto do mundo, poderes que ele precisa descobrir quais são e ainda não sabe quem é seu pai. Existe história mais complicada? Acho que não. Ele parecia ser o mais fraco do grupo e no inicio até me perguntei porque ele seria um dos sete mas ele me surpreendeu e provou seu valor e amadureceu bastante ao decorrer do livro.

O primeiro livro da saga me deixou com muitas perguntas. Felizmente, o segundo as responde, porém cria várias outras. O final é totalmente angustiante para as pessoas curiosas pois ele acaba meio aberto, parece mais o final de um capítulo do que de um livro! Então, minha dica é: não leia esse livro se você não tiver o terceiro!

22/08/2014

Resenha: O Herói Perdido

Autor (a): Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 439
Ano: 2011
Classificação: ✰✰✰

Finalmente eu li esse livro! Estava para ler ele já faz um tempo, pois sou apaixonada pela história de Percy Jackson.

A segunda série da saga Percy Jackson e os Olimpianos vem com o nome de Os Heróis do Olimpo e com novos personagens. A história conta a aventura de uma nova Grande Profecia:
“Sete meio-sangues responderão ao chamado.
Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado. 
Um juramento a manter com um alento final, 
e inimigos com armas às Portas da Morte afinal ”
O livro, ao contrário da primeira série, é contado em terceira pessoa e por vários personagens. Três na verdade, Jason, Leo e Piper - nunca mencionados antes. O principal desse livro é o Jason e em volta dele temos um grande mistério: o que houve com a memória dele?

Percy está sumido desde o início do livro e Annabeth está a sua busca e aparece muito pouco. Grover nem é mencionado. A falta de Percy me deu a sensação de ter algo faltando no livro.

A mitologia Romana é incluída na história o que confunde muito! Na verdade, o livro todo é confuso. Uma hora você não sabe de nada, na outra você acha que descobriu tudo, mas continua sem saber nada. Meus amigos, que já leram, falaram que o livro dois vai acabar com todas as dúvidas que esse deixou e espero que seja verdade.

Já tem os próximos livros e o quinto está previsto para ser lançado em Outubro.

Quem é fã de Percy Jackson? Já leram todos os livros? São filhos de quem? Cometem ;)

08/08/2014

Resenha: Cai o pano


Autor(a): Agatha Christie 
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 217
Ano: 1975
Classificação: ✰✰✰

Agatha Christie é uma autora muito conhecida por seus romances policiais, que infelizmente, já morreu, mas deixou várias histórias incríveis para lermos. No meu aniversário, ganhei 3 livros dela e esse foi o segundo que li.

Hercule Poirot, detetive protagonista de várias histórias dela, encontra-se muito doente e isso o impede de investigar cinco assassinatos sem relação aparente. Ele acredita que um sexto crime será cometido, por isso, pede que seu velho amigo Arthur Hastings o ajude. 

Como já disse ali em cima, esse foi o segundo livro que li dela e pude perceber que seus livros foram feitos para pensar. Não dá para apenas lê-los, você é obrigada a investigar junto e isso é incrível, pois os mistérios nunca são tão óbvios quanto parecem. Toda a informação ajuda a decifrar algo e uma boa memória é indispensável. 

Porém, seus livros demoram muito para engatar e eu acabo demorando séculos para lê-los. Os finais são melhores do que o desenrolar da história e isso não é bom porque o interesse pelo livro diminui e os detalhes são esquecidos dificultando a solução do crime pelo leitor.

Quem já conhecia a autora? Já leram outros livros dela? Quais são seus favoritos? Comentem :)

26/07/2014

Resenha: As Vantagens de ser Invisível


Autor(a): Stephen Chbosky
Editora: Rocco
Páginas: 223
Ano: 1999
Classificação: ✰✰✰✰✰

Mais uma resenha de um livro adaptado para os cinemas. Só que esse, eu li antes de assistir o filme.

O livro é contado através de cartas enviadas para alguém nunca mencionado. Charlie tem 15 anos e está iniciando o Ensino Médio com medo por não ter amigos. Ele é muito tímido e as pessoas não o notam, mas Sam e Patrick mudam isso. Com esses novos amigos, ele conhece o mundo das drogas, sexo e rock'n'roll, além de aproveitar a vida como se não houvesse amanhã.

As Vantagens de Ser Invisível se tornou um dos meus livros favoritos pela forma como aborda a vida de Charlie. Podemos ver o amadurecimento dele durante a história, seus medos e seus aprendizados - e aprendemos com ele também.
"Eu me sinto infinito"
Temas como homofobia, pedofilia, bullying, sexo e drogas costumam deixar um livro "pesado", mas Stephen conseguiu quebrar isso com personagens carismáticos que conquistam rapidamente. Porém, não deixamos de ficamos pensativos quando terminamos o livro.

Espero conseguir relê-lo algum dia e fica minha indicação para todos.

Você já leu o livro ou assistiu ao filme? Me conta o que achou aqui nos comentários.

15/07/2014

Resenha: A Culpa é das Estrelas


Autor(a): John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 283
Ano: 2012
Classificação: ✰✰✰✰

Para a postagem de estreia do blog, decidi escrever sobre um livro que terminei de ler faz pouco tempo e que teve uma adaptação para o cinema lançada recentemente: A Culpa é das Estrelas.

A história se passa sob o ponto de vista de Hazel Grace, uma paciente terminal que começa a frequentar um grupo de apoio. O grupo que parecia sem graça permite que ela conheça Augustus Waters, um garoto que precisou amputar a perna devido a um câncer. E juntos eles começam a superar as dificuldades dessa grave doença apoiando um ao outro.

O livro é incrível! Agora eu entendo porque todos estão falando tanto dele. A escrita do autor é maravilhosa. Cheios de momentos engraçados e frases inspiradoras que podemos aplicar no dia a dia. É um verdadeiro ensinamento para todos ver eles - que poderiam desistir de tudo por causa da doença - lutando para viver da melhor maneira possível.
"Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelações"
Curiosidade: Muitas pessoas não sabem, mas o livro foi inspirado em uma história real! Esther Earl tinha câncer e sua vida inspirou John Green a escrever o romance - eles eram amigos -, mas essa história não foi baseada em sua vida! Se quiser saber mais sobre ela, leia o livro "A Estrela que Nunca Vai se Apagar" que é um diário com cartas delas e anotações dos pais.

Vocês já leram o livro? Assistiram o filme? O que acharam? Comentem!
Link do seu blog - créditos

Tema Base por Butlariz