18/03/2016

Resenha: A Espada do Verão


Autor(a): Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 439
Ano: 2015
Classificação: ✰✰✰✰
“Meu nome é Magnus Chase. Tenho dezesseis anos. Esta é a história de como minha vida seguiu ladeira abaixo depois que eu morri.”
E é com esse quote maravilhoso que começamos a resenha do primeiro livro de Magnus Chase e os Deuses de Asgard

Sou uma fã assumida de Percy Jackson e do Rick Riordan, então, eu posso ser um pouco suspeita para falar desse livro! Ele segue a conhecida linha semideus-que-não-sabia-que-era-filho-de-um-deus-e-precisa-salvar-o-mundo, mas apesar disso, o livro não ficou repetitivo e cansativo para quem já leu os outros livros do tio Rick. 

A história começa dois anos após um trágico acidente que matou a mãe de Magnus. Sem ter para onde ir, ele começa a morar na rua. Um belo dia, seu amigo morador de rua, Blitz, o acorda dizendo que tem gente procurando por ele. Magnus acaba encontrando o tio que vive evitando, descobre que é filho de um deus nórdico, ganha a missão de achar a espada de seu pai, enfrenta um vilão poderoso e morre. Tudo isso antes da metade do livro! Não, eu não estou brincando. Isso realmente acontece! Talvez, você esteja pensando: Mas se ele morreu, o que terá no resto do livro? A história continua. Ele precisa impedir o Ragnarök - Juízo Final - do mesmo jeito. E você aí achando que quando morresse seus problemas iam acabar... 

Loucura, não é? Pois é exatamente isso que dá o toque especial a história. Magnus faz vários comentários sarcásticos e narra como se estivesse conversando com o leitor. Os nomes dos capítulos são super engraçados e a história ainda faz várias referências a coisas atuais do nosso dia a dia. Diversão garantida!

É claro que além de entreter, Rick adora nos dar umas aulinhas sobre mitologia. Como não conhecia muito a nórdica, foi bem confuso no início. Tive que visitar o glossário que vem no final do livro várias e várias vezes, mas saí entendendo um pouco mais do assunto e acho que o próximo - que lança no final do ano - será mais fácil de ler!

Já leram o livro? O que acharam? Deixem sua opinião nos comentários ;)

16/03/2016

Lançamentos Literários de Março


Março chegou para levar nosso dinheiro como água com tantos lançamentos legais. Já mencionei alguns no post sobre o evento da Rocco, aqui tem de outras editoras também.


1. Jovens de Elite | Marie Lu | Editora Rocco | Sinopse | ♥♥♥♥♥
2. Bela Redenção | Jamie McGuire | Editora Verus | Sinopse | ♥♥♥
3. Profundo | Robin York | Editora Arqueiro | Sinopse | ♥♥


4. Tudo Tem Uma Primeira Vez | Vitória Moraes | Editora Intrínseca | Sinopse | ♥
5. Anna e o Homem das Andorinhas | Gavriel Savit | Editora Fábrica231 | Sinopse | ♥♥♥
6. Batman: Arkhan Knight | Marv Wolfman | Editora Darkside | Sinopse | ♥

14/03/2016

Evento Fanáticos Rocco


Nesse final de semana, ocorreu o evento da editora Rocco na Livraria Cultura do Rio de Janeiro. Mediado pelos blogs Versificados e Cultura & Ação, o evento foi recheado de brincadeiras e apresentações dos lançamentos da editora. Abaixo estão os que mais me chamaram a atenção.


Anna e o Homem das Andorinhas

A Polônia ocupada por russos e alemães é o cenário de Anna e o Homem das Andorinhas, romance de estreia de Gavriel Savit. Lançado pelo Fábrica231, o selo de entretenimento da Editora Rocco, o livro conta a história de Anna Lania, uma menina que levava uma vida tranquila com o pai, professor de linguística da Universidade Jagiellonian, na Cracóvia, até ele ser detido pelos nazistas. Sozinha e sem saber se veria o pai outra vez, a garota conhece o misterioso Homem Andorinha e decide segui-lo.




Jovens de Elite

Imagine sobreviver a uma praga, apenas para ser marcada como uma abominação pelos seus compatriotas. Ser odiada, temida e segregada por ser diferente: esta é a vida de Adelina Amouteru, protagonista de Jovens de Elite, primeiro da nova série da autora Marie Lu, criadora da trilogia de sucesso Legend. Bestseller do The New York Times, com direitos de adaptação para o cinema adquiridos pela 20th Century Fox, Jovens de Elite é o início de uma saga arrebatadora, leitura perfeita para fãs de histórias de fantasia medieval como Game of Thrones, com vilões dignos de Star Wars e X-Men.



Sob a luz dos seus olhos

Considerada a “Nicholas Sparks de saia” pelos fãs, Chris Melo estreia na Rocco com um envolvente romance sobre o poder extraordinário do amor. A trama conta a história de Elisa, que embarca para a Inglaterra decidida a começar sua vida adulta, levando na bagagem seus planos e sonhos para o futuro; e Paul, um artista tentando se encontrar e que vive intensamente cada momento. O que poderia ser apenas um encontro casual entre dois jovens tentando achar o seu lugar no mundo se transforma, pelas mãos da autora, numa profunda jornada de autoconhecimento, superação, perdão e recomeços. 



Lucas e Nicolas

Lucas é um adolescente como qualquer outro: seu corpo cheio de hormônios o enche de desejos e sua cabeça de dúvidas. Na escola, Lucas é considerado um ‘loser’: tímido, péssimo nos esportes e muito inteligente, alvo constante de chacota dos alunos mais ‘populares’ e completamente inábil na arte da conquista amorosa. Mas, no caso de Lucas, algo mais o deixa vulnerável ao assédio dos colegas: ele é gay. E isso faz toda a diferença, principalmente em um ambiente conservador como na pequena cidade do interior paulista onde vive. A tanto sofrimento, soma-se uma novidade: recém-chegado da capital São Paulo, Nicolas é tudo o que ele não é: bonito, forte e popular. E é, talvez, justamente por isso, ou por algum outro motivo que ele não consegue identificar, que Lucas se apaixona pelo seu oposto – ou pelo seu complemento? Como lidar com isso?




Vocação do Mal

Quando um misterioso pacote é entregue a Robin Ellacott, ela fica horrorizada ao descobrir que contém a perna decepada de uma mulher. Seu chefe, o detetive particular Cormoran Strike, fica menos surpreso, mas não menos alarmado. Há quatro pessoas de seu passado que ele acredita que poderiam ser responsáveis por tal crime – e Strike sabe que qualquer uma delas seria capaz de tamanha brutalidade.





Brutal

O que levaria alguém a golpear outra pessoa na cabeça e, na sequência, esfaqueá-la 77 vezes? O garoto de programa Daniel Graydon jamais imaginaria que encontraria tamanha perversão nos clientes com quem saía. Mas viu seu fim se aproximar ao ir contra sua regra de ouro: nunca levar os homens para casa. Seu parceiro sexual e algoz, porém, tinha algo de sedutor e era difícil recusar a proposta de uma noite regada a sexo, e muito bem paga. Daniel tornara-se apenas uma das vítimas de um personagem sombrio, cuja pulsão pela morte o levava a matar com regularidade e método. Cada morte representando um passo adiante no aperfeiçoamento da macabra arte de tirar vidas: cruel, dolorosa, limpa e sem pistas. Um desafio para a polícia de Londres e sua divisão de Crimes Graves do Grupo Sul, liderada pelo atormentado detetive-investigador Sean Corrigan.

Eles também falaram sobre os livros que viraram filmes, como Garota Dinamarquesa e Convergente, e distribuíram alguns marcadores. 

É claro que já estou ansiosa para o evento do ano que vem e para ler os livros acima.

E vocês? Quais vocês mais gostaram?

08/03/2016

Feliz Dia Internacional da Mulher


Ontem, dia 8 de Março, foi o dia internacional da Mulher e não podia deixar de homenagear essa data com um texto sobre feminismo! Nunca falei sobre assunto aqui no blog, então nada melhor do que fazer isso agora! 

Primeiro de tudo, você sabe o que é feminismo? Porque quando eu ouvi essa palavra pela primeira vez eu não sabia, e o pior, não me dei o trabalho de procurar! Eu pensei "Pra que isso? Precisamos lutar por uma sociedade mais justa, não ficar com briga entre sexos". Sei que não fui a única a pensar dessa maneira porque a atriz Shailene Woodley disse a mesma coisa ao dar uma entrevista para uma revista norte-americana. É claro, que quando ela disse isso, teve uma repercussão mundial.

Depois de continuar ouvindo essa palavra e ver o movimento ganhar mais força, eu fui procurar me informar - antes tarde do que nunca - e descobri que sou feminista porque o feminismo é exatamente o que eu achava que não era. 
Feminismo é um movimento político, filosófico e social que defende a igualdade de direitos entre mulheres e homens.
E com isso eu aprendi uma grande lição: se não sabe o significado de algo, procure! Eu não saí pela internet xingando as feminista ou subindo tags ofensivas no twitter, graças a Deus, mas tem muita gente que faz e, sem saber, luta para construir uma sociedade mais machista. e ninguém quer uma sociedade desequilibrada, não é?

Separei alguns links legais para quem quiser ler mais sobre o assunto. São de diferentes sites e canais do YouTube que mostram diferentes pontos de vista.

Espero que todas as mulheres tenham tido um dia da mulher incrível, livre de preconceito e com bastante respeito porque isso é o mais importante. Se quiser deixar sua história aqui embaixo, seja de como descobriu o feminismo ou para contar algo que aconteceu, sinta-se a vontade. Irei adorar ler ;)

02/03/2016

Cinemas de Março


Mais um mês se inicia e traz consigo vários lançamentos nos cinemas - alguns bons, outros nem tanto. Alguns meses são melhores que outros, mas é muito difícil ficar longe daquele famoso cheiro de pipoca que só os cinemas tem. Independente de crise financeira. Uma parte do salário, mesmo que bem pequena, tem que ser para filmes.

Esse mês temos lançamentos que estávamos aguardando já faz um tempo, mas ainda tem muito filme bom vindo por aí. Sorte nossa. Confira os 5 lançamentos que achei que mereciam estar na lista:

Cinquenta Tons de Preto | 3 de Março de 2016 | Comédia;


Kung Fu Panda 3 | 3 de Março de 2016 | Animação; Aventura; Comédia;



Convergente | 10 de Março de 2016 | Aventura; Ação;



Ressurreição | 17 de Março de 2016 | Drama; Suspense; Histórico;



Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça | 24 de Março de 2016 | Ação; Aventura;


Estão animados para os lançamentos? Não esqueça de deixar o comentário e seguir o blog ;)
Link do seu blog - créditos

Tema Base por Butlariz